Siga-nos nas redes Sociais

Saúde e Bem-estar

5 Motivos para Tomar um Suplemento de Vitamina C

Publicado

em

A Vitamina C, designada também por ácido ascórbico, é uma vitamina conhecida pelos seus efeitos antioxidantes, quer a nível fisiológico quer a nível tópico. Este efeito deriva da proteção conferida às células contra os radicais livres que causam danos nas células.

Esta vitamina é sintetizada pela maioria das espécies com exceção do Homem, primatas, porquinho-da-índia e algumas espécies de peixes, morcegos e pássaros. Deste modo, a única maneira da a obter é através da alimentação.

De facto, a vitamina C encontra-se em diversos alimentos, nomeadamente na fruta como os citrinos (laranja, lima, limão, toranja, tangerina), mas também noutro tipo como o morango, o kiwi, a papaia, a framboesa, entre outros. As hortícolas são, igualmente, ricas nesta vitamina, como sendo o brócolo, o espinafre e os vegetais de folha de verde.

Contudo, a quantidade ingerida destes alimentos pode não conter a dose de vitamina adequada às necessidade metabólicas e fisiológicas do organismo. Estima-se que durante a cozedura dos alimentos se perca cerca de 50% de vitamina, aumentando a probabilidade de haver carências da mesma. A Ingestão Diária, recomendada, de Vitamina C, para um adulto, varia de 75 a 90mg, nunca se devendo ultrapassar a dose de 2000mg por dia.

Neste sentido, apresentamos 5 benefícios da suplementação com Vitamina C.

1. Melhora a absorção do ferro

O ferro é um mineral encontrado em alimentos de origem animal e vegetal. Todavia, o ferro encontrado em alimentos de origem animal (ferro heme) é mais facilmente absorvido pelo organismo do que o de origem vegetal (ferro não-heme).

Assim, demonstrou-se que a vitamina C aumenta a absorção do ferro de origem vegetal. Esta promove a captação do ferro não-heme e o armazenamento do mesmo sob uma forma mais acessível ao nosso metabolismo.

Deste modo, a absorção de ferro é otimizada, evitando-se carências(anemias) principalmente em dietas vegetarianas e veganas.

2. Reforça a imunidade

Este é um benefício comumente conhecido. Efetivamente, a vitamina C reforça o sistema imunitário, já que tem a capacidade de aumentar a produção de leucócitos, os glóbulos brancos, que atuam como a defesa do organismo contra agentes externos e estranhos (vírus, bactérias).

Além disso, ela aumenta os níveis de anticorpos, potenciando a resposta de defesa do organismo.

Desta forma, combate-se mais eficazmente o agente causador da gripe ou resfriado.

3. Produção de colagénio

De facto, é através desta vitamina que o nosso corpo produz colagénio. Para além de promover a firmeza e elasticidade da pele, esta proteína é crucial na recuperação de feridas e na conectividade dos tecidos do organismo, nomeadamente, musculares.

4. Pode ajudar a gerir a pressão arterial elevada

Estudos demonstram que a vitamina C pode ajudar a baixar a pressão arterial tanto naqueles com como sem pressão arterial elevada.

Um estudo animal descobriu que tomar um suplemento de vitamina C ajuda a relaxar os vasos sanguíneos, reduzindo-se os níveis de pressão arterial.

Além disso, uma análise de 29 estudos em humanos revelou que a toma de um suplemento de vitamina C reduziu a pressão arterial sistólica em 3,8 mmHg e a pressão arterial diastólica em 1,5 mmHg, em média, em adultos saudáveis.

Em adultos com pressão arterial elevada, os suplementos de vitamina C reduziram a tensão arterial sistólica em 4,9 mmHg e a diastólica em 1,7 mmHg, em média.

Embora estes resultados sejam promissores, não é claro que os efeitos relatados sobre a pressão arterial sejam a longo prazo. Alerta-se ainda que não é aconselhado a toma do suplemento como substituição da medicação.

5. Protege a sua memória

Demência é um termo genérico, utilizado para designar um conjunto de sintomas representativos do declínio e deterioração do desempenho cognitivo e comportamental, condicionando a autonomia.

Estudos sugerem que o stress oxidativo e a inflamação perto do cérebro, da coluna vertebral e dos nervos (sistema nervoso central) pode aumentar o risco de demência.

A vitamina C é um forte antioxidante. Baixos níveis desta vitamina encontram-se associados a um desempenho cognitivo fraco, afetando a capacidade de pensar e recordar. Além disso, vários estudos demonstraram que as pessoas com demência podem ter níveis sanguíneos mais baixos de vitamina C.

Apesar disso, a ingestão de vitamina C ( quer através de alimentos ou suplementos) demonstrou ter um efeito protetor no pensamento e na memória à medida que se envelhece.

Os suplementos de vitamina C podem ajudar em condições como a demência, se não obtiver vitamina C suficiente através da dieta. No entanto, são necessários estudos humanos adicionais para compreender os efeitos dos suplementos de vitamina C na saúde do sistema nervoso.

Posto isto, apresentamos algumas sugestões de suplementos ricos em vitamina C.